Roofbuldinghouse

Rua Joaquim António de Aguiar, Lisboa

A oportunidade de realizar um projecto de reabilitação de um apartamento no último piso recuado de um edifício dos meados dos anos 30 do sec. XX, na Rua Joaquim António de Aguiar em Lisboa, levou-nos ao desafio da construção de uma “roofbuldinghouse”.

O facto da fraccção adquirida pelo nossos clientes Matheiu e Lucy, um casal Franco/Britânico que escolheram o nosso país para viver com os seus dois filhos, possuir o usufruto exclusivo dos terraços adjacentes e cobertura, levou-nos a pensar na possibilidade de criar um espaço de vivência e contemplação na cobertura, beneficiando das vistas deslumbrantes, tanto para Sul, Castelo, baixa pombalina e rio, como para o Norte, para o Parque Eduardo VII.

Seguindo o conceito desenvolvido no continente Asiático, principalmente no Japão, com exemplos notáveis de arquitectura, de olhar para as coberturas como uma nova fronteira a explorar arquitectonicamente de ampliação do espaço habitado, através de estruturas leves e autónomas, pensámos numa construção hibrida e totalmente autónoma do léxico arquitetónico existente, tendo como referência o conceito de “TreeHouse”.

A madeira, por isso mesmo surgiu como o material que melhor se adaptava as intenções do projecto, tando pelas suas características técnicas, peso, etc., como pelas características que queríamos evidenciar de uma construção reversível e ecológica.

O projecto e processo construtivo foi proposto por nós e teve no João Carlos Alves e na empresa de construção Eco||Sistema um contributo decisivo na adaptação do projecto à realidade, assente na sua vasta experiencia e sabedoria na construção em madeira.

A construção implanta-se no terraço da cobertura de maneira autónoma procurando o seu próprio espaço, privilegiando a relação Norte/Sul, e procura estabelecer níveis de hierarquia espacial no espaço restante, promovendo-o e classificando-o.

Durante o processo de aprovação desta construção, tivemos sempre um excelente contributo de todas as entidades responsáveis envolvidas, tanto por parte da C.M.Lisboa, como pelo condomínio do prédio.

Ficha Técnica:

Autor Projecto de Arquitectura,

Arq.º João Gois

Construção:

Eco||Sistema

Técnico Responsável pela construção:

João Carlos Alves

Licenciado em estudos superiores de arquitetura

Eco||Sistema Sistema construtivo Portefólio Projetos em curso Contacto

Assinatura

 

Execução em fábrica

Montagem em obra

Viver