11. ago, 2017

Desmontando mitos sobre a construção em madeira parte V

Construção em Madeira (mass Timber): a revolução silenciosa!

Como tenho dito, o século 19º foi o século do ferro, o século 20º foi o século do betão, estamos em movimento para que este século seja o século da construção em “Mass Timber”[i].

Há grandes e várias vantagens nesta tecnologia de construção, como é sequestro de carbono e do ponto de vista da arquitetura, as normativas estão a ser cada vez mais exigentes e a incluir nos seus códigos a análise do ciclo de vida dos materiais empregues na construção. Bem como, a energia empregue na sua fabricação e se contribuem ou não para o sequestro do carbono. Tornando-se um grande problema a contornar e uma grande vantagem desta tecnologia. “A madeira é o único produto fabricado pelo sol ”.

A construção em “Mass Timber” ajuda-nos a preparar a etapa, em termos das ambições ambientais, que queremos nos nossos projetos e logo para os nossos edifícios. Não só no ponto de vista do carbono, mas em todos os processos que se devem abordar os nossos edifícios: edifício energicamente eficiente; edifícios saudáveis; sustentáveis em termos, longevidade e da habitabilidade também. Sendo edificações mais versáteis e humanas.

Se optares por esta tecnologia, quer seja como promotor da construção, quer seja como cliente. Neste momento, serás um dos pioneiros e estarás a fazer parte de uma revolução na construção, com um produto sustentável, renovável e um recursos natural.

Em Portugal estamos no preliminar dessa revolução, mas daqui a poucos anos vamos olhar para traz e sorrir para esta etapa. Mas também sinto que não temos realmente a noção de quão grande isto será. Acredito que estamos perante um novo paradigma da construção e da maneira que olhamos e vivenciamos os nossos edifícios.   

 



[i] CLT; LVL; Madeira lamelada colada; Madeira maciça;